0 Flares 0 Flares ×

A Família e a Sociedade

A Família é a célula originária da vida social. É a sociedade natural na qual o homem e a mulher são chamados ao dom de si no amor e no dom da vida. A autoridade, a estabilidade e a vida de relações dentro dela constituem os fundamentos da liberdade, da segurança e da fraternidade no conjunto social. A família é a comunidade na qual, desde a infância se podem assimilar os valores morais, tais como honrar a Deus e usar corretamente a liberdade. A vida em família é iniciação para a vida em sociedade.

A família deve viver de maneira que os seus membros aprendam a cuidar e a responsabilizar-se pelos jovens e pelos velhos, pelos doentes ou deficientes e pelos pobres. São numerosas as famílias que, em certos momentos, não são capazes de proporcionar essa ajuda. Cabe então a outras pessoas, a outras famílias e, subsidiariamente, à sociedade prover às suas necessidades: “A religião pura e sem mácula diante de Deus, nosso Pai, consiste nisto:  visitar os órfãos e as viúvas em suas tribulações e guardar-se livre da corrupção do mundo”. (Tg1,27).

A família deve ser ajudada e defendida pelas medidas sociais apropriadas. Quando as famílias não são capazes de desempenhar suas funções, outros organismos sociais têm o dever de ajudá-las e de apoiar a instituição familiar. De acordo com o princípio da subsidiariedade, as comunidades mais amplas cuidarão de não usurpar seus poderes ou de interferir na vida da família.

Fonte: Catecismo da Igreja Católica

0 Flares 0 Flares ×
15 de maio de 2020 – Dia Internacional da Família

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*