0 Flares 0 Flares ×
Vídeo em que homem é agredido circula pela internet desde a noite do dia 19. (Foto: Reprodução/Twitter)

(ACI).- Após a morte de João Alberto Silveira Freitas, no último dia 19 de novembro, a Arquidiocese de Porto Alegre (RS) reforçou que a vida é “dom e compromisso”.

João Alberto, um homem negro, morreu após ser espancado por dois homens em um supermercado na capital gaúcha. Segundo imagens do estabelecimento, ele teria se dirigido a uma funcionária e, depois, foi encaminhado pelos dois seguranças ao estacionamento, onde deu um soco em um deles e, em seguido, sofreu as agressões.

O assassinato de João Alberto gerou diversas manifestações pelo Brasil. Em muitas dessas, manifestantes carregavam faixas com a frase “vidas negras importam”, a qual ficou conhecida pelo mundo devido aos protestos contra racismo nos Estados Unidos depois da morte de George Floyd.

Depois do ocorrido, a Arquidiocese de Porto Alegre emitiu uma nota, por meio da qual classificou o fato como “crime brutal” e reiterou “que toda vida importa, que é ‘dom e compromisso’”.

“O doloroso episódio nos convida a recordar as palavras do Papa Francisco, em sua recente Carta Encíclica” Fratelli Tutti, indica a Arquidiocese ao citar as palavras do Pontífice: “De novo nos envergonham as expressões de racismo, demonstrando assim que os supostos avanços da sociedade não são assim tão reais nem estão garantidos duma vez por todas”.

0 Flares 0 Flares ×
A vida é “dom e compromisso”, afirma Arquidiocese após homem ser morto em supermercado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*