0 Flares 0 Flares ×

Advento: tempo de preparação para o Natal. A vinda de Jesus Cristo ao mundo reveste-se de três vertentes, todas elas fundamentais para a nossa vida cristã: a vinda de Cristo no passado, a vinda de Cristo no presente, e a vinda de Cristo no final dos tempos.

  1. A celebração do nascimento de Jesus Cristo, em Belém, é aquilo que neste tempo mais nos atrai. A Igreja convida-nos a tomar consciência de que não foi apenas pelos homens que viveram há mais de dois mil anos que Jesus veio ao mundo, foi também por nós, por cada um de nós. Foi por nosso amor que Jesus Cristo veio ao mundo e morreu por nós. Nos momentos mais difíceis da nossa vida nunca estamos sozinhos, Deus está connosco e ama-nos com amor infinito, e quando caímos em pecado, Deus Pai, com amor e misericórdia, procura-nos para nos reconduzir a Si, e tudo isto faz um novo sentido à nossa vida.

  1. O segundo aspeto que a Igreja propõe à nossa meditação ao longo deste tempo do Advento prende-se com a vinda de Cristo hoje. É certo que depois da sua morte e ressurreição Jesus subiu ao Céu e deixou de estar presente de forma visível entre nós. No entanto Ele mesmo nos assegurou que estaria sempre connosco, todos os dias, até ao fim dos tempos. E embora não o possamos ver com os olhos da carne, a Fé diz-nos que Ele está no meio de nós.

  1. Jesus está presente, vem até nós na sua Palavra, na Sagrada Escritura, por isso, o Advento é um tempo particularmente propício à leitura e meditação da Palavra Divina. Jesus está presente no meio da Assembleia que reza, e por isso o Advento é também um tempo onde todos somos convidados a uma oração mais intensa e mais cuidada. Jesus está presente na Sagrada Eucaristia, e por amor se dá a cada um de nós em alimento da nossa Fé. Jesus está presente nos nossos irmãos mais carenciados que precisam do nosso amor, ajuda moral, espiritual e da nossa solidariedade.

Através de todas estas formas o Senhor quer descer hoje até nós; quer vir habitar hoje no nosso coração, então, neste tempo do Advento a Igreja convida-nos a não ficarmos pelos preparativos exteriores e materiais da Festa de Natal; a não nos deixarmos seduzir pelos excessos a que a sociedade de consumo nos convida; mas a aproveitarmos este tempo para prepararmos um verdadeiro Natal no nosso coração, pois é aí que Jesus hoje e cada dia da nossa vida, quer nascer, habitar e reinar.

A Igreja convida-nos a meditar na última vinda de Jesus Cristo no final dos tempos. E a melhor forma de preparar essa vinda é permitir que Jesus Cristo habite e reine em nós, nas nossas vidas. Jesus teve de nascer numa gruta que servia de abrigo aos animais, por não haver lugar para Ele na hospedaria. Não lhe fechemos nós as portas do nosso coração. Meditemos na sua primeira vinda há mais de dois mil anos; deixemos que Ele venha hoje habitar em nós e, assim, estaremos preparados para a sua vinda no final dos tempos.

Fonte: Revista Rosário de Maria

Ano 76| nº 808| dezembro de 2020

Texto adaptado por Frei José Carlos Vaz Lucas, op

0 Flares 0 Flares ×
ADVENTO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*