0 Flares 0 Flares ×

HOMILIA DO 5º DOMINGO DA QUARESMA – ANO B

ANSIOSOS PARA VER JESUS E ENCONTRAR A SALVAÇÃO QUE VEM DE DEUS

“Se alguém me quer servir, siga-me, e onde eu estou estará também o meu servo.”

Amados irmãos e amadas irmãs,

A Liturgia deste Domingo manifesta como Deus, ao longo da história, buscou apontar ao ser humano o caminho da salvação e da vida definitiva. Sua Palavra nos garante que a salvação é alcançada por uma vida vivida na obediência dos projetos de Deus e na doação total aos irmãos.

Na Primeira Leitura (Jr 31,31-34), o profeta Jeremias, por meio de uma profecia/oráculo, apresenta ao povo de Israel a proposta de uma nova Aliança. Essa Aliança indica que Deus realizará uma mudança radical no coração do Povo, pois só com um coração transformado o homem será capaz de pensar, de decidir e de agir de acordo com as propostas de Deus. Assim, Jeremias revela que para fazer parte da comunidade da nova Aliança não é suficiente o cumprimento de ritos ou de obrigações externas, mas viver incondicionalmente as propostas de Deus no coração e na vida prática.  Ciente das fraquezas e ambiguidades do coração humano, para perseverar nesta Nova Aliança, o povo precisa rezar como o Salmista de hoje: “Criai em mim um coração que seja puro, dai-me de novo um espírito decidido!” (Sl 50).

Na Segunda Leitura (Hb 5,7-9), São Paulo nos apresenta Jesus Cristo, o sumo-sacerdote da nova Aliança, que foi anunciada pelos profetas. Um sacerdote que intercede e se solidariza com a humanidade apontando o caminho da salvação. Esse caminho —  e que é a vida que Jesus viveu —  se constrói, se realiza e se percorre através do diálogo com Deus, na descoberta dos seus desafios e na obediência radical ao seu plano redentor.

No Evangelho (Jo 12,20-33), João Evangelista nos convida a acompanhar dois pagãos que desejam participar da Nova Aliança. Eles procuram o Apóstolo Filipe e exclamam desejosos: “Senhor, gostaríamos de ver Jesus”. Expressam este desejo porque sabem que na Nova Aliança Deus acolhe toda a humanidade e porque sabem que para se tornar povo de Deus precisam “conhecer”, olhar e contemplar Jesus, aprender com Ele a ser filhos de Deus. Com a experiência do encontro pessoal com Ele, entenderão que segui-l’O significa trilhar corajosamente o caminho do amor radical, da doação diária da vida que culminará na entrega total a Deus e aos irmãos por meio da morte na cruz. O caminho do calvário que leva a cruz parece, aos olhos do mundo, um caminho de fracasso e de morte. Todavia, por meio da parábola da semente que morre e produz frutos com a doação de sua vida, Jesus Cristo nos ensina que é da cruz, caminho de amor e de doação, que brota a vida eterna e verdadeira que Deus nos quer oferecer.

Ao dar a vida por amor, Jesus deixa aos seus discípulos a sua última e suprema lição. Mas o que é que nasce através da doação de Jesus? Nasce uma nova humanidade. Uma humanidade que aprendeu como vencer o egoísmo — a raiz de todo pecado — e que compreendeu que a vida é para ser dada por amor. A voz que se ouve vinda do céu confirma que a proposta de Jesus é garantia de encontro com Deus. Confirma-se, desta forma, aos discípulos, que oferecer a vida por amor não é um caminho de fracasso e de morte, mas um caminho de glorificação e de vida em abundância.

Já criamos espaço, na nossa vida e em nossas comunidades paroquiais, para dialogar com Deus e para conhecer e praticar os seus planos? A nossa vida tem sido construída na indiferença em relação aos projetos divinos ou numa procura sincera e decidida de viver plenamente a vontade de Deus?

BAIXE O ROTEIRO CELEBRAR EM FAMÍLIA PARA O 5º DOMINGO DA QUARESMA: Celebrar em Familia – 5 Quaresma

Padre Paulo Sérgio Silva.

Pároco da Paróquia São Sebastião, em Mangabeira, distrito de Lavras-CE

0 Flares 0 Flares ×
Ansiosos para ver Jesus e encontrar a salvação que vem de Deus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*