0 Flares 0 Flares ×

Missa da Noite de Natal foi a ocasião para falar da «casa do pão» e de um alimento «cuja validade é ilimitada»

Cidade do Vaticano, 24 dez 2018 (Ecclesia) – O Papa Francisco presidiu hoje à Missa da Noite de Natal e afirmou que em Belém da Judeia acontece o “ponto de viragem da história” e Deus apresenta-se como um alimento “cuja validade é ilimitada”.

“Belém: o nome significa casa do pão. Hoje, nesta ‘casa’, o Senhor marca encontro com a humanidade. Sabe que precisamos de alimento para viver. Mas sabe também que os alimentos do mundo não saciam o coração”, disse o Papa na homilia da Missa, na Basílica de São Pedro.

Francisco referiu que o “homem tornou-se ávido e voraz” e, para muitos, “o sentido da vida parece ser possuir, estar cheio de coisas”.

“Uma ganância insaciável atravessa a história humana, chegando ao paradoxo de hoje em que alguns se banqueteiam lautamente enquanto muitos não têm pão para viver”, afirmou.

“Belém é o ponto de viragem no curso da história. Lá Deus, na casa do pão, nasce numa manjedoura; como se quisesse dizer-nos: Estou aqui ao vosso dispor, como vosso alimento”, sublinhou.

O Papa disse que Deus se faz pequeno para ser a alimento e “romper a espiral da avidez e da ganância”.

“Diante da manjedoura, compreendemos que não são os bens que alimentam a vida, mas o amor; não a voracidade, mas a caridade; não a abundância ostentada, mas a simplicidade que devemos preservar”, sustentou o Papa.

“No Natal, recebemos Jesus, Pão do céu na terra: trata-se de um alimento cuja validade é ilimitada, fazendo-nos saborear já agora a vida eterna”, acrescentou.

Francisco referiu-se também aos pastores, a quem é dirigida a frase “não temais” e que “acolhem Jesus”.

“O Filho de David nasceu no meio dos pastores, para nos dizer que doravante ninguém estará sozinho; temos um Pastor que vence os nossos medos e nos ama a todos, sem exceção”, disse o Papa.

“Os pastores de Belém mostram-nos também como ir ao encontro do Senhor.Velam durante a noite: não dormem, mas fazem aquilo que Jesus nos pedirá várias vezes:vigiar”, afirmou Francisco na homilia da Missa da Noite de Natal.

“‘Vamos a Belém…’: assim disseram e fizeram os pastores. Também nós, Senhor, queremos vir a Belém. O caminho, ainda hoje, é difícil: é preciso superar os cumes do egoísmo, evitar escorregar nos precipícios da mundanidade e do consumismo”, indicou Francisco.

O Papa presidiu à Missa da Noite de Natal; no Dia de Natal dirige uma mensagem à cidade de Roma e ao mundo e preside à bênção Urbi et Orbi a partir da Varanda Central da Basílica de São Pedro.

PR

0 Flares 0 Flares ×
Belém é o “ponto de viragem no curso da história” – Papa Francisco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*