0 Flares 0 Flares ×

(ACI).- Victor Ribeiro e Ana Paula Meriguete são um jovem casal que recebeu o sacramento do matrimônio e, para comemorar, ambos decidiram abrir mão da tradicional festa para acolher diversas famílias carentes em um jantar solidário.

Tudo isso aconteceu em Guarapari (ES), onde Victor e Ana Paula se casaram em 16 de fevereiro e, no dia 21 do mesmo mês, tiveram a sua festa: um jantar para cerca de 160 pessoas do Centro Social Santa Mônica, o que, para o casal, foi “a realização do sonho de Deus”.

Victor e Ana Paula se conheceram em um grupo de jovens, participaram de grupo de orações, atuam em ministério de música e realizam ações sociais. O casal vive um relacionamento baseado na oração e busca transmitir isso aos demais também por meio de um apostolado nas redes sociais, com a página de Instagram ‘Reza Comigo’.

O casal Victor e Ana Paula em seu casamento, em 16 de fevereiro. Foto: PhotoLife / Cortesia Victor Ribeiro

Em dezembro de 2017, estes dois jovens ficaram noivos e começaram a pensar no casamento. Segundo Victor, inicialmente houve uma dúvida entre fazer a tradicional festa ou não. “Então – contou o noivo à ACI Digital –, começamos a nos perguntar se era isso que Deus queria de nós e decidimos rezar para ver o que Deus realmente queria sobre essa situação da festa do nosso casamento”.

Foi então que, “depois de alguns meses de oração”, o casal estava tocando em uma Missa e uma das canções dizia: “Se uma ceia quiseres propor, não convide amigos, irmãos e outros mais. Sai à rua a procura de quem não puder recompensa te dar, que o teu gesto lembrado será por Deus”.

“Já estávamos rezando bastante para saber o que Deus queria para nossa festa de casamento e, depois da Missa, conversamos, naquele momento ficamos um pouco emocionados. Isso foi nos trazendo paz ao coração. Falamos: ‘realmente, os nossos familiares não são ricos, mas têm condições de ter um alimento na mesa; vamos alimentar em uma festa quem realmente precisa’”, recordou.

O passo seguinte foi “discernir as possibilidades” e decidiram pelo Centro Social Santa Mônica, da Congregação das Irmãs de Nossa Senhora da Consolação, que atende crianças de uma região carente de Guarapari.

No Natal, relembrou Victor, que é professor de Educação Física, “eu, Ana Paula e meus alunos já tínhamos feito uma arrecadação de alimentos para o centro social”. Então, apresentaram a ideia para as religiosas de fazer uma jantar que não seria “só para as crianças, mas para os familiares também”.

Jantar com as famílias no Centro Social Santa Mônica, em 21 de fevereiro. Foto: Cortesia Victor Ribeiro

Entretanto, o casal não pensou apenas nas famílias que participariam do jantar, mas também nos seus próprios familiares. Victor contou que a ideia era realizar o jantar na semana do casamento religioso, para que alguns convidados “que nunca tinham feito nenhuma ação social, nunca tinham ido ao encontro dos mais pobres” tivessem essa oportunidade.

Assim, conforme parentes e amigos mais próximos souberam da iniciativa, também resolveram colaborar. “Inicialmente, íamos bancar tudo do jantar, com o intuito de pagar nossa festa”, mas “fomos conseguindo somar forças e conseguimos tudo de doação”, além de contar com “uma empresa de buffet, que cozinhou tudo e levou voluntários”, e com o ministério de música que tocou ao vivo.

Ao recordar o dia do jantar, Victor o classificou como um dia de grande emoção. O evento “estava marcado para 19h30 e, às 19h15, chegou a primeira família. Nessa primeira família que chegou, nossa alegria foi tremenda, ficamos emocionados, porque vimos o sonho de Deus acontecendo”.

O casal Victor e Ana Paula durante o jantar. Foto: Cortesia Victor Ribeiro

Antes do jantar, as irmãs apresentaram às famílias convidadas o jovem casal que estava celebrando o seu casamento. Em seguida, tiveram um momento de agradecimento e oração. “Eles jantaram, nós entregamos algumas lembrancinhas, eles foram embora, nós arrumamos tudo e, depois, chegamos em casa e rezamos, agradecendo a Deus pelo sonho dele ter sido realizado e por nós termos dito ‘sim’, termos ficado atentos à voz de Deus”, relatou.

Segundo Victor, inicialmente, a ideia era não divulgar a realização deste jantar. Mas, em uma conversa com um amigo sacerdote, o mesmo que assistiu ao casamento deles, este lhes disse que “se fazemos coisas boas é para iluminar o caminho, se acendemos uma vela, o intuito dessa vela é iluminar o caminho, não esconder essa luz”.

Assim, aceitaram falar sobre este jantar após ter acontecido. A notícia logo ganhou repercussão na mídia local e nas redes sociais. Desta forma, assegurou Victor, “conseguimos alcançar nosso objetivo que era iluminar os caminhos e incentivar as pessoas a praticarem coisas boas. Bendito seja Deus por isso!”.

0 Flares 0 Flares ×
Casal abre mão de festa de casamento para realizar jantar para famílias carentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*