0 Flares 0 Flares ×

REDAÇÃO CENTRAL, 13 Fev. 20 / 11:25 am (ACI).- A pequena Emanuelly Lara Almeida Costa (mais conhecida como Manu) comoveu as redes sociais no mês passado ao escolher a decoração de Nossa Senhora Aparecidapara o seu aniversário de 5 anos, como uma forma de gratidão, após superar um tumor no ovário esquerdo.

A festinha de Manu aconteceu no dia 12 de janeiro, em Ouro Preto (MG), mas, segundo sua mãe, Dayane Layne Teixeira, já era um desejo antigo da criança, que desenvolveu uma grande devoção pela Padroeira do Brasil e quis lhe agradecer dessa forma pela intercessão por sua cura.

Dayane Layne contou ao jornal ‘O Liberal’ que o tumor no ovário esquerdo de Manu foi descoberto há dois anos, mas apenas “depois de 12 infecções de urina e sei s internações”. “Os médicos não sabiam dizer o que ela tinha, falavam que era desvio, os exames acusavam apenas infecção, que era uma bactéria, mas ao mesmo tempo não era”, recordou.

Foi somente na sexta internação, quando a mãe da menina já estava “desesperada”, que então disse aos profissionais da saúde que “não queria mais enganação” e não deixaria darem tanto antibiótico para a criança “sem saber de fato o que ela tinha”.

“Não queria mais minha menina sofrendo e pedi um especialista”, relatou. Então, conseguiu o encaminhamento para um especialista e a realização de exames de imagem mais específicos, os quais descobriram o tumor.

Após o diagnóstico, a médica afirmou que, embora fosse um tumor benigno, “era preciso uma cirurgia para que não se tornasse maligno”. Assim, a família de Manu começou “mais uma jornada” para conseguir realizar a cirurgia. “A Manu foi piorando, perdendo as forças e eu junto com ela, de vê-la naquele estado. Mas eu nunca perdi a fé em Nossa Senhora e, graças a Ela e as nossas orações, conseguimos a operação”, narrou a ‘O Liberal’.

Dayane recordou, em declarações a ACIDigital, uma ocasião no quarto do hospital, quando a criança “estava sentindo muita dor” e lhe disse “mamãe, vamos rezar”. “Nós rezávamos e dizia que tinha que pedir à Mamãe do Céu para podermos ir embora”.

Foi assim que se desenvolveu “a devoção dela” em Nossa Senhora Aparecida, indicou Dayane. “De tanto falar com ela e mostrar a devoção que eu tenho, como mãe, em Nossa Senhora Aparecida – que é grande demais – e mostrar que nem tudo na vida está perdido e, que tendo fé, nada de ruim acontece”.

Após a recuperação, Manu fez então o pedido para que sua festinha de aniversário fosse com o tema da Padroeira do Brasil. A ‘O Liberal’, a mãe da menina revelou que na época não colocou “muita fé no pedido dela, pois estava recente”.

Mas, aos 4 anos, a criança refez o mesmo pedido. Nessa ocasião, porém, Dayane não tinha condições para realizar o sonho da filha e prometeu que o faria aos 5 anos, “se estivesse trabalhando”.

A pequena não esqueceu e, para a festinha de 5 anos voltou a pedir que o tema fosse da “Mamãe do Céu”. E assim a família realizou o sonho de Manu, com direito a imagens da Virgem Aparecida, terços como lembrancinhas e até um vestido da azul, da cor do manto de Nossa Senhora.

Além de emocionar os convidados e as redes sociais com o seu pedido e gratidão à Nossa Senhora Aparecida, Manu gerou ainda mais comoção ao pedir, no momento do ‘parabéns’ para cantar a música ‘Mãezinha do Céu’. O vídeo desse momento viralizou.

“Por tudo o que aconteceu com ela, eu a vejo como minha guerreirinha, uma menina abençoada, porque, naquela luta toda que quase a perdi, nós rezamos juntas”, declarou Dayane a ACI Digital, ressaltando que sua filha foi “uma força de apoio, um aprendizado para nós, para termos mais fé, porque sem a fé não somos nada”.

Hoje, a criança cultiva sua devoção à Nossa Senhora, tem o seu próprio “tercinho” e continua incentivando a família a seguir o caminho da fé. “Ela fala comigo: ‘Mamãe, hoje é domingo, tem Missa’. Ou então pergunta: ‘Que dia é domingo? Porque eu vou à Missa’”, contou a mãe.

Por isso, Dayane assinalou: “Eu tenho que dar graças à Nossa Senhora Aparecida, que nunca nos abandonou e esteve ao nosso lado”. Assim, agora pretende ir com sua filha à Casa da Mãe, isto é, ao Santuário Nacional de Aparecida.

“A devoção da Manu em Nossa Senhora Aparecida é algo iluminado, ela é uma bênção na minha vida”, concluiu.

0 Flares 0 Flares ×
Com gratidão após superar um tumor, menina pede festa de Nossa Senhora Aparecida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*