0 Flares 0 Flares ×

Francisco pede aos jornalistas que acompanhem quem se sente só

Foto Lusa/Vatican Media

Cidade do Vaticano, 01 abr 2020 (Ecclesia) – O Papa Francisco recordou hoje no Vaticano o trabalho dos meios de comunicação social, durante a atual pandemia de Covid-19, pedindo aos jornalistas que acompanhem quem se sente só.

“Hoje gostaria que rezássemos por todos aqueles que trabalham nos media, que trabalham para comunicar, neste momento, para que as pessoas não se sintam tão isoladas; pela educação das crianças, pela informação, para ajudar a suportar este tempo de confinamento”, disse, antes da Missa a que presidiu na Capela da Casa de Santa Marta, com transmissão online.

Na sua homilia, Francisco apresentou uma reflexão sobre a “identidade cristã”, que transforma cada um em discípulo de Jesus.

“O discípulo deixa-se guiar pelo Espírito, por isso o discípulo é sempre um homem da tradição e da novidade, é um homem livre. Livre. Jamais sujeito a ideologias, a doutrinas no seio da vida cristã, doutrinas que podem ser discutidas… permanecer no Senhor, é o Espírito que inspira”, indicou.

O Papa terminou a celebração com a adoração e a bênção eucarística, convidando quem acompanhava a emissão online a fazer a Comunhão espiritual.

OC

Please follow and like us:
0 Flares 0 Flares ×
Covid-19: Papa destaca missão dos media (c/vídeo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*