0 Flares 0 Flares ×

Francisco presidiu a Missa num dia marcado por oração e bênção extraordinária na Praça de São Pedro

Cidade do Vaticano, 27 mar 2020 (Ecclesia) – O Papa agradeceu hoje no Vaticano a quem se dedica aos outros durante a pandemia da Covid-19, presidindo à Missa horas antes de um momento especial de oração e de bênção extraordinária.

“Nestes dias chegaram notícias de que muitas pessoas começam a preocupar-se num modo mais geral com os outros e pensam nas famílias que não têm o suficiente para viver, nos idosos sós, nos doentes no hospital; rezam e procuram fazer chegar alguma ajuda… Esse é um bom sinal. Agradecemos ao Senhor por suscitar estes sentimentos no coração dos seus fiéis”, disse, antes da Eucaristia a que presidiu na Capela da Casa de Santa Marta, com transmissão online.

Na homilia, Francisco comentou uma passagem do Evangelho em que Jesus é ameaçado de morte, um “acirramento” que considerou

“Não se pode discutir com quem se acirra, apenas podemos calar, como fez Jesus, que escolheu o silêncio e a Paixão. É o estilo que é preciso seguir, também com os pequenos acirramentos quotidianos, os mexericos”, apontou.

A partir das 18h00 (menos uma em Lisboa), o Papa preside a uma oração pelo fim da pandemia, no adro da Basílica de São Pedro, diante de uma Praça vazia, acompanhado pelo ícone de Maria, ‘Salus Populi Romani’, venerado na Basílica de Santa Maria Maior, e da cruz da igreja de São Marcelo al corso, considerada milagrosa.

Francisco convidou todos os católicos a participar, através dos meios de comunicação, para “ouvir a Palavra de Deus”, rezar neste tempo de crise e “adorar o Santíssimo Sacramento”.

No final, o Papa concede uma bênção extraordinária ‘Urbi et Orbi’ [à cidade (de Roma) e ao mundo], à qual está ligada a possibilidade de indulgência plenária.

OC

0 Flares 0 Flares ×
Covid-19: Papa elogia quem se preocupa com os outros (c/vídeo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*