0 Flares 0 Flares ×

Francisco sublinha drama dos que morrem sozinhos, em tempo de pandemia

Foto: Lusa/EPA

Cidade do Vaticano, 05 mai 2020 (Ecclesia) – O Papa lembrou hoje no Vaticano as pessoas que morreram sozinhas, durante a pandemia de covid-19.

“Rezemos hoje pelos que morreram por causa da pandemia. Morreram sozinhos, morreram sem a carícia dos seus entes queridos, muitos deles, nem sequer com o funeral. Que o Senhor os receba na glória”, declarou, no início da Missa a que presidiu na Capela da Casa de Santa Marta, com transmissão online.

Na homilia, Francisco falou do que afasta os cristãos do seguimento de Jesus, com o “ser escravo da riqueza” ou a “rigidez do coração”.

“A fidelidade é sempre um dom a Deus; a rigidez é uma segurança para si mesmo”, advertiu.

O Papa falou ainda de outros impedimentos, como a “preguiça”, que impede de seguir em frente, o “clericalismo” e o “espírito mundano”.

“Não se pode seguir Jesus sem liberdade”, declarou Francisco.

OC

0 Flares 0 Flares ×
Covid-19: Papa lembra mortos sem direito ao «último adeus» (c/vídeo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*