0 Flares 0 Flares ×

Homilia diária alerta para risco de «digitalização» da fé

Foto: Lusa/EPA

Cidade do Vaticano, 17 abr 2020 (Ecclesia) – O Papa rezou hoje no Vaticano pelas grávidas que enfrentam momentos de incerteza, por causa da pandemia de Covid-19, deixando uma mensagem de esperança.

“Gostaria que hoje rezássemos pelas mulheres gestantes, as grávidas que vão ser mães e estão inquietas, preocupadas com uma pergunta: “Em que mundo viverá o meu filho?”. Rezemos por elas, a fim de que o Senhor lhes dê a coragem de seguir em frente, com estes filhos, com a confiança de que será certamente um mundo diferente, mas será sempre um mundo que o Senhor amará muito”, disse, no início da Missa a que presidiu na Capela da Casa de Santa Marta.

Numa celebração com transmissão online, por causa da situação de isolamento social em que se encontram milhões de pessoas, Francisco destacou a dimensão “comunitária” da fé, que implica familiaridade com Deus e com os outros.

“Uma familiaridade sem comunidade, sem Igreja, sem os sacramentos, é perigosa, pode tornar-se uma familiaridade gnóstica, separada do povo de Deus. Nesta pandemia, comunica-se através dos media, mas não estamos juntos como acontece com esta Missa”, realçou.

“Esta não é a Igreja. É a Igreja de uma situação difícil, que o Senhor permite, mas o ideal da Igreja é sempre com o povo e com os sacramentos. Sempre”, insistiu.

OC

0 Flares 0 Flares ×
Covid-19: Papa reza pelas grávidas e pede confiança no futuro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*