0 Flares 0 Flares ×

Vaticano, 05 Fev. 20 / 04:14 pm (ACI).- Através de sua conta oficial no Twitter, o ex-presidente brasileiro Luis Inácio Lula da Silva, condenado a 8 anos e 10 meses de prisão na operação Lava-Jato e que recorre em liberdade da sentença, visitará o Papa Francisco no Vaticano em uma audiência privada que deverá ocorrer no dia 12 de fevereiro.

“Vou visitar o Papa Francisco para agradecer não só pela solidariedade que teve comigo em um momento difícil, mas sobretudo pela dedicação dele ao povo oprimido. Também quero debater a experiência brasileira no combate à miséria”, afirma o tweet de Lula.

Segundo o portal de notícias português O Observador, o encontro teria sido mediado pelo presidente argentino Alberto Fernández, que visitou o Pontífice há pouco.

“O Lula pediu-me para ver o Papa. E eu pedi se ele podia receber o Lula. E ele me disse que claro e que (o Lula) lhe escrevesse porque ele, com todo prazer, o receberá”, afirmou o presidente argentino em declarações recolhidas pelo O Observador.

A notícia da visita de Lula da Silva ao Vaticano gerou polêmica no Brasil, já que devido à data da viagem, o ex-presidente teria que faltar a uma audiência pública em um processo no qual é acusado de corrupção passiva pela suposta venda da Medida Provisória (MP) 471, de 2009. Esta teria favorecido com incentivos fiscais algumas montadoras de veículos no Brasil, o que é considerado crime no Código Penal do país. O Processo corre na 10ª Vara Criminal Federal de Brasília e os advogados de Lula solicitaram formalmente ao juiz Vallisney de Oliveira que a audiência seja postergada.

Os advogados de Lula argumentaram que, “conforme se procedeu durante todo o tramitar do feito, o peticionário declara que não deixará de comparecer a nenhum ato judicial para o qual a sua presença seja obrigatória”.

Segundo indica a colunista Bela Megale, em seu blog no site de O Globo, “a assessoria da 10ª Vara Federal de Brasília afirmou que está verificando uma nova data para Lula ser ouvido no âmbito da operação Zelotes ainda neste mês”.

Lula e o Papa Francisco

Lula já recebeu comunicações do Pontífice em mais de uma ocasião durante os 19 meses em que esteve preso em Curitiba.

No dia 3 de maio de 2019, Lula recebeu uma carta em resposta a uma missiva sua enviada ao Papa Francisco no 29 de março, na qual o ex-presidente do Brasil agradecia ao Santo Padre por sua “contribuição para a defesa dos direitos dos mais pobres e desfavorecidos dessa nobre nação”.

Além disso, Francisco diz que na missiva recebida, Lula lhe “confidenciava seu estado de ânimo e comunicava a sua avaliação sobre o atual contexto sócio-político brasileiro”.

O texto segue com menção à mensagem para o 52º Dia Mundial da Paz, na qual o Papa lembra ter assinalado que “a responsabilidade política constitui um desafio permanente para todos aqueles que recebem o mandato de servir a seu país, de proteger as pessoas que habitam nele e de trabalhar para criar as condições de um futuro digno e justo”.

“Tal como meus Antecessores, estou convencido de que a política pode tornar-se uma forma eminente de caridade, se for implementada no respeito fundamental pela vida, a liberdade e a dignidade das pessoas”, acrescenta.

Tendo sido redigida durante o Tempo Pascal, a carta assinala ainda que “nestes dias, estamos celebrando a Ressurreição do Senhor”. Nesse sentido, recorda que “o triunfo de Jesus Cristo sobre a morte é a esperança da humanidade”.

“A sua Páscoa, sua passagem da morte à vida, é também a nossa páscoa: graças a Ele, podemos passar da escuridão para a Luz; das escravidões deste mundo para a liberdade da Terra prometida; do pecado que nos separa de Deus e dos irmãos para a amizade que nos une a Ele; da incredulidade e do desespero para a alegria serena e profunda de quem acredita que, no final, o bem vencerá o mal, a verdade vencerá a mentira e a Salvação vencerá a condenação”, diz o texto do Papa a Lula.

0 Flares 0 Flares ×
Ex-presidente Lula visitará o Papa Francisco no Vaticano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*