0 Flares 0 Flares ×

Francisco celebrou festa litúrgica de Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira da América Latina

Cidade do Vaticano, 12 dez 2020 (Ecclesia) – O Papa Francisco refletiu hoje sobre três palavras que saem da ação de Deus para com as pessoas, “abundância, bênção e dom”.

Francisco refletiu, a partir de três palavras que, indicou, “sobressaem hoje da liturgia”, que invoca a festa litúrgica de Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira da América Latina.

“Deus sempre se oferece em abundância. Nós, com a nossa natureza, limites e necessidades percebemos que Deus se dá em abundância”, destacou numa homilia feita espontaneamente.

Recordando o encontro de Maria e a sua prima Isabel, de acordo com os relatos bíblicos, o Papa afirmou que “desde a primeira hora, Deus habituou ao bem”.

“Desde a primeira página das escrituras ele habituou-nos a dizer o bem, o bom. «E Deus viu que tudo era bom»”, indicou.

A terceira palavra refletida por Francisco, “o dom”, apontou “tudo o que é dado”.

“Gosto de pensar na generosidade e na impossibilidade que Deus tem de dar-se que não seja em abundância. Deus sempre diz bem e o faz com gosto, doando-se. Dá-se em abundância”, sublinhou.

No final da homilia, o Papa Francisco pediu a “generosidade e a abundância de Deus” para “transformar a vida num dom”.

A celebração foi acompanhada pelo Coro do Colégio brasileiro, em Roma, que no final tocou o hino de Nossa Senhora de Guadalupe.

O Papa Pio X proclamou Nossa Senhora de Guadalupe como patrona da América Latina em 1910; o Vaticano publicou recentemente um decreto para extensão de indulgências, por ocasião do 125º Aniversário da Coroação de Nossa Senhora de Guadalupe que celebra a sua festa litúrgica neste dia.

LS

0 Flares 0 Flares ×
Francisco celebrou festa litúrgica de Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira da América Latina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*