0 Flares 0 Flares ×
Dia de Oração pelos Cristãos Perseguidos / Crédito: Fundação ACN

(ACI).- Na próxima quinta-feira, 6 de agosto, a Fundação Pontífice Ajuda à Igreja que Sofre (ACN) promove o Dia de Oração pelos Cristãos Perseguidos, recordando a mesma data em que, em 2014, milhares de cristãos foram expulsos pelo Estado Islâmico da Planície de Nínive, no Iraque.

Neste ano, em razão da pandemia de Convid-19, a data será celebrada totalmente on-line.

No Brasil, este Dia de Oração pelos Cristãos Perseguidos conta com o após da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), exortando todas as paróquias do país a promover e convidar as pessoas a participarem desta corrente em favor dos cristãos que sofrem perseguição religiosa.

“Esse dia de oração é muito importante para que os cristãos que sofrem perseguição possam sentir que não estão sozinhos, que nós oramos por eles. Como Fundação Pontifícia ACN, sempre fazemos o possível para ajudá-los em suas necessidades mais urgentes”, declarou o assistente eclesiástico da ACN Brasil, Frei Rogério Lima.

De acordo com ele, “no dia 6 de agosto, além de ajudá-los, vamos rezar por eles com todo o nosso coração!”.

Nesse sentido, a Fundação ACN Brasil irá transmitir a oração do Terço, no dia 6 de agosto, às 18h30, por meio de sua página no Facebook e de seu canal no Youtube.

Os cristãos perseguidos

Conforme recorda a ACN, o Dia de Oração pelos Cristãos Perseguidos teve início em 2015 e, desde então, ocorre anualmente em agosto.

A data faz referência à noite de 6 de agosto de 2014, quando cerca de 100 mil cristãos tiveram de abandonar suas casas na Planície de Nínive, no Iraque, expulsos pelos extremistas do grupo Estado Islâmico. Naquela ocasião, os cristãos fugiram a pé, somente com as roupas do corpo, sem água ou comida.

Assim que recebeu as primeiras informações na manhã do dia 7 de agosto, a ACN mobilizou os benfeitores. Desse modo, teve início muitas campanhas e projetos para socorrer materialmente e espiritualmente os perseguidos e refugiados.

Atualmente, assinala a Fundação Pontifícia, os cristãos continuam sendo o grupo religioso mais perseguido no mundo. De fato, 80% das pessoas que sofrem perseguições por conta da fé são cristãs; 327 milhões de cristãos vivem em países onde há perseguição religiosa; 178 milhões de cristãos estão em países onde são discriminados por motivos religiosos.

Com isso, assinala ACN, conclui-se que 1 em cada 5 cristãos no mundo vive em países onde há perseguição ou discriminação religiosa.

0 Flares 0 Flares ×
Fundação ACN promove Dia de Oração pelos Cristãos Perseguidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*