0 Flares 0 Flares ×

Os bandidos levaram fardos de água, de refrigerante, botijões de gás e ventiladores da Comunidade Católica Raboni de Maria

O prédio da Comunidade Católica Raboni de Maria, no bairro Parangaba, em Fortaleza, foi arrombado cinco vezes em 12 dias. Bandidos levaram fardos de água, de refrigerante, botijões de gás e outros bens, todos doados pela comunidade, já que vivem da solidariedade dos fiéis.

Os criminosos chegaram a invadir o local pelo telhado e a também a arrombar o portão. A polícia esteve no local e um Boletim de Ocorrência foi registrado no 5º Distrito Policial (DP). As informações são do programa Barra Pesada, da TV Jangadeiro/SBT.

O galpão fica na Rua Osvaldo Aranha e os crimes ocorreram entre os dias 26 de fevereiro e 10 de março, último domingo. Foram levados 30 fardos de água, 25 de refrigerante, 8 botijões de gás, 2 ventiladores e liquidificador.

Além disso, o alarme e a cerca elétrica do local foram danificados. Em uma das ações, os bandidos chegaram a retirar o portão de alumínio, danificaram o trilho e entraram no local. Em uma outra, tiveram acesso tirando as telhas.

“Além do prejuízo material, nos causa também o prejuízo psicológico. Nós não conseguimos dormir. Os meios legais nós buscamos, desde segurança particular, cerca elétrica, alarme, mas isso não foi suficiente para inibir a ação deles. Buscamos fazer o Boletim de Ocorrência online, a polícia também foi informada. E, para nossa tristeza, tivemos uma resposta da polícia que não era o que a gente esperava: olharam e disseram ‘é, realmente, acharam muito fácil e vão voltar’, e realmente voltaram. No dia seguinte, voltaram e tudo que a gente já tinha recebido de doações foi subtraído de novo”, conta o missionário Felipe.

A suspeita da população local é de que o grupo seja o mesmo que vem agindo na área, também arrombando comércios. O receio, agora, é de que os bandidos voltem para roubar o equipamento de som. Por isso, a comunidade está guardando o material em outro local.

Tribuna do Ceará

0 Flares 0 Flares ×
Galpão de comunidade católica é arrombado 5 vezes em menos de duas semanas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*