0 Flares 0 Flares ×

As restrições da Covid-19 trouxeram à tona as habilidades criativas deste criador de ovelhas

Quando a Covid-19 impediu o australiano Ben Jackson de comparecer ao funeral de sua amada tia a 400 quilômetros de distância, ele decidiu mostrar seu amor por ela de uma maneira diferente.

“Nesses momentos de luto, você se sente realmente desamparado, não sabe o que fazer, o que dizer”, disse Jackson ao jornal The Guardian. “Especialmente nestes tempos de Covid, ninguém pode se preparar para aquela dor do fechamento da fronteira ou estar presente quando ela morrer. É muito difícil”, acrescentou.

O criador de ovelhas de New South Wales decidiu, então, usar sua habilidade com a criação para formar um enorme coração composto de centenas de ovelhas prenhas.

 

O sobrinho criativo partiu em sua caminhonete carregada com grãos e os deixou cair da carroceria. Uma vez que o coração foi formado, ele abriu as porteiras para permitir que as ovelhas saíssem e se alimentassem. O resultado foi capturado por um drone. O filme, então, foi exibido no funeral de sua tia Debby.

Como música de fundo, a canção favorita da tia: “Bridge Over Troubled Water”, de Simon e Garfunkel.

Limitações

Como muitas pessoas durante a pandemia, o australiano não pode visitar a tia enquanto ela lutava contra o câncer nos últimos dois anos. O fato de ele também não poder comparecer ao funeral dela foi duplamente frustrante.

O vídeo se tornou viral, com mais de um milhão de pessoas assistindo à demonstração de amor e carinho. Talvez seja o símbolo no qual tantas pessoas estão encontrando conforto durante esses tempos em que seus entes queridos estiveram separados por tanto tempo.

“Ela ficaria muito orgulhosa de ver tantas pessoas sorrindo e curtindo o coração que eu fiz para ela. É apenas amor. O amor é sensacional ”, disse Jackson à BBC .

Via Aleteia

0 Flares 0 Flares ×
Impossibilitado de ir ao funeral da tia, pecuarista faz uma homenagem diferente (e linda!)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*