0 Flares 0 Flares ×

Diante da pandemia do coronavírus, sentimos que estamos perecendo. Por isso devemos invocar ainda mais Jesus, para que Ele nos dê segurança

O período de isolamento social ocorre na Quaresma, tempo em que a Igreja nos convida à conversão, para que possamos refletir sobre nossas vidas e buscar uma proximidade cada vez maior com Deus.

Aqui em casa temos intensificado nossas orações. Novenas, terços e invocações a Deus têm sido mais frequentes. Tudo em busca de forças para enfrentar essa pandemia que coloca em risco a saúde de todos.

Vivendo este período, me lembrei da passagem do Evangelho, no qual os apóstolos estão na barca, enquanto Jesus dorme (Mateus 8, 23-27). Às vezes nos sentimos assim, como se o Senhor não estivesse nos socorrendo em nossas necessidades.

Mas ao ser invocado pelos discípulos, Jesus acalma a tempestade.

Hoje é a pandemia do coronavírus que nos ameaça. Sentimos, muitas vezes, que estamos perecendo. Por isso devemos invocar Jesus, para nos dar segurança.

E temos acompanhado os constantes pedidos do Papa para que rezemos muito, não só por causa desta doença que se espalhou pelo mundo, mas de uma maneira geral pela conversão.

Nas aparições em Fátima, Nossa Senhora também pediu orações.

Façamos essa experiência, de dedicar mais tempo à oração.

Em meio às atividades de casa, minha família tem reservado um tempo para pedir proteção e muita sabedoria para enfrentar este momento.

Todos os dias às 3h da tarde, nos unimos para rezer o Terço da Misericórdia.

Jesus disse à Irmã Faustina: “Às três hora da tarde implora à Minha Misericórdia, esta é a hora de Misericórdia para o mundo inteiro”.

Como rezar o Terço da Misericórdia

Você pode usar um terço comum.

Reze 1 Pai-nosso, 1 Ave Maria e o Credo.

Nas contas grandes:

Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue, a Alma e a Divindade do Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e dos do mundo inteiro.

Nas contas pequenas:

Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

No fim do Terço, rezam-se três vezes:

Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro.

Enquanto Jesus estava no Getsêmani, disse aos discípulos: “Orai e vigiai” (Mateus 26, 41).

E se o perigo da pandemia te traz insegurança, recorra à Jesus. Ele mesmo nos disse: “Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo” (Mateus, 28, 20).

0 Flares 0 Flares ×
Isolamento social e oração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*