0 Flares 0 Flares ×

O Papa Francisco irá celebrar o Dia Internacional da Fraternidade Humana na quinta-feira, 4 de fevereiro, em evento virtual organizado pelo Xeque Mohammed bin Zayed em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, com a participação do Grão Imame de Al-Azhar, Ahmad Al-Tayyeb; do Secretário Geral das Nações Unidas, António Guterres; e de outras personalidades. Na mesma ocasião, será atribuído o Prêmio Zayed para a Fraternidade Humana, prêmio este inspirado no Documento sobre a Fraternidade Humana.

A data não é uma coincidência. No dia 4 de fevereiro de 2019, durante a visita apostólica do Papa aos Emirados Árabes Unidos, juntamente com o Grão Imame de Al-Azhar (Cairo), Ahmad Al-Tayyeb, foi assinado o Documento sobre a fraternidade humana para a paz mundial e a convivência comum. Sua Santidade o Papa e o Grão Imame passaram quase meio ano a elaborar este Documento, até os dois o anunciarem, em conjunto, durante a citada visita histórica.

A assinatura do documento Documento sobre a fraternidade humana para a paz mundial e a convivência comum, em 4/2/2019, inspirou a criação, pela ONU, do Dia Internacional da Fraternidade Humana.

O Cardeal Miguel Ángel Ayuso Guixot, Presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso sublinha: “Esta celebração responde ao apelo claro que o Papa Francisco tem lançado a toda a humanidade para construir um presente de paz no encontro com o outro. Em outubro de 2020, esse convite tornou-se ainda mais vívido com a Encíclica Fratelli tutti. Estas reuniões são um modo de alcançar a verdadeira amizade social, como o Santo Padre nos pede,” acrescentou.

Comitê Supremo para a Fraternidade Humana

Alguns meses depois estabeleceu-se o Comitê Supremo para a Fraternidade Humana para traduzir as aspirações do Documento em compromissos duradouros e ações concretas para fomentar a fraternidade, solidariedade, o respeito e a compreensão mútua. O Comitê Supremo está planejando uma Casa da Família Abraâmica, que contempla uma sinagoga, uma igreja e uma mesquita na ilha Saadiyat, Abu Dhabi.

Constituiu-se também um júri independente para receber as nomeações para o Prêmio Zayed para a Fraternidade Humana e selecionar os vencedores, cujo trabalho demonstre um compromisso ao longo da vida em prol da Fraternidade Humana. O prêmio de 2021 será atribuído em 4 de fevereiro.

Decisão da ONU

Em 21 de dezembro de 2020, a Assembleia Geral das Nações Unidas declarou unanimemente o dia 4 de fevereiro, Dia Internacional da Fraternidade Humana. “Nesta fase decisiva da história humana, estamos numa encruzilhada: por um lado, a fraternidade universal na qual a humanidade se regozija, por outro, uma miséria aguda que incrementará o sofrimento e a privação das pessoas”, sublinhou o Juiz Mohamed Mahmoud Abdel Salam, Secretário Geral do Comitê Supremo para Fraternidade Humana.

Encorajamento do Papa

O Papa Francisco encorajou a Santa Sé a participar na celebração do Dia Internacional da Fraternidade Humana, sob a liderança do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso. Na edição de janeiro do Vídeo “A serviço da fraternidade humana,” o Santo Padre realça a importância de nos concentrarmos no que é essencial para a fé de todas as fés: adoração a Deus e amor ao próximo. “A Fraternidade leva-nos a abrirmo-nos ao Pai de todos e a ver no outro um irmão, uma irmã, com quem partilhar a vida ou apoiar-se mutuamente para amar, para conhecer”, enfatiza, no vídeo, o Papa Francisco.

Sobre o Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso

O Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso foi instituído em 1964 pelo Papa Paulo VI, com o objetivo de trabalhar sobre as relações e o diálogo entre a Igreja Católica e os fiéis de outras religiões. Atualmente é presidido pelo Cardeal Miguel Ángel Ayuso Guixot. Entre as suas principais atividades, colabora com bispos e conferências episcopais em assuntos relacionados com o diálogo inter-religioso; realiza reuniões, visitas e conferências com líderes de outras religiões; e publica vários materiais para promover o diálogo entre diferentes credos.

Sobre o Comitê Supremo para a Fraternidade Humana

O Comitê Supremo para a Fraternidade Humana é composto por diferentes líderes religiosos internacionais, intelectuais e líderes culturais que foram inspirados pelo Documento sobre a fraternidade humana em prol da paz mundial e da convivência comum de 2019 e que se dedicam a partilhar a sua mensagem de compreensão mútua e paz. O seu principal trabalho é agir concretamente, de acordo com as aspirações do Documento sobre a Fraternidade Humana e disseminar os valores de respeito mútuo e coexistência pacífica. Atualmente, o seu Secretário Geral é o Juiz Mohamed Mahmoud Abdel Salam.

Veja o vídeo com o convite:

Acompanhe o evento

A reunião e a cerimônia de premiação serão difundidas em streaming, em várias línguas, têm início às 14:30 (Hora de Roma), 10h30 (Hora do Brasil), através do Vatican News, o portal de informação multimédia da Santa Sé, e transmitidas pela Media do Vaticano.

CNBB

0 Flares 0 Flares ×
O PAPA PARTICIPA DO 1º DIA INTERNACIONAL DA FRATERNIDADE HUMANA, (4/2), DATA ESTABELECIDA PELA ONU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*