0 Flares 0 Flares ×

Matteo Salvini criticado por referência à Virgem Maria para celebrar aprovação do «Decreto Segurança»

Cidade do Vaticano, 07 ago 2019 (Ecclesia) – O novo decreto de segurança aprovado pelo Senado da Itália, com multas a ONG que salvam vidas no Mediterrâneo, está a ser contestado por vários responsáveis da Igreja Católica no país.

O bispo de Siena, D. Paolo Lojudice, secretário da Comissão de Migrações da Conferência Episcopal Italiana, refere ao portal ‘Vatican News’, fala num gesto de “propaganda”.

Segundo o responsável, existe o risco de a sociedade acabar num cenário de “total egoísmo”, que considera “muito contrário aos valores, princípios e ditames do Evangelho”.

“Eu diria apenas para reler um pouco o Evangelho e para nos perguntarmos como podemos dar as boas-vindas de forma verdadeira e inteligente, como o Papa sempre disse, e também para distinguir os vários momentos da situação: o momento de emergência, o momento da receção, o momento do processo de integração, não traduzido apenas em termos económicos”, acrescenta.

O decreto foi aprovado definitivamente esta segunda-feira no Senado com 160 votos a favor, 57 contra e 21 abstenções.

Matteo Salvini, ministro italiano do Interior, que participou na votação na qualidade de senador, celebrou a aprovação do ‘Decreto Segurança bis’ com um agradecimento à Virgem Maria, no Twitter.

O padre Antonio Spadaro, diretor da revista “Civiltà Cattolica”, dos Jesuítas, reagiu à publicação, falando num momento de “resistência humana civil e religiosa”.

Já o jornal “Avvenire”, da Conferência Episcopal Italiana, falou da referência de Salvini à Virgem Maria como um “comentário desconcertante”.

Sem se referir diretamente ao caso, o Papa Francisco falou esta manhã da necessidade de uma “uma Igreja sem fronteiras”, capaz de “criar relações com significado, pontes de amizade e solidariedade”.

No final da audiência geral, o pontífice deixou uma saudação, “com afeto”, às crianças refugiadas acolhidas pela Cooperativa “Auxilium”, que ajuda imigrantes que chegam à Itália.

Durante o encontro com os menores do centro, retratado na primeira página do jornal do Vaticano, ‘L’Osservatore Romano’, Francisco assinou simbolicamente uma tela onde as crianças desenharam uma árvore, com a impressão das suas mãos.

OC

0 Flares 0 Flares ×
Organizações católicas contestam multas a ONG que salvam vidas no Mediterrâneo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*