0 Flares 0 Flares ×

Que as palavras dos três recentes sucessores de Pedro nos anime a seguir as pegadas de Charles de Foucauld, hoje e sempre

Este artigo traz alguns pronunciamentos dos três Papas recentes sobre Charles de Foucauld (1858-1916) – celebrado em 1º de dezembro – que deverá ser, em breve, canonizado.

João Paulo II

São João Paulo II assim se dirigia às Irmãzinhas de Jesus, em 16 de setembro de 1979: “Como o Irmão Charles de Jesus, vós consagrais longos momentos à oração, silenciosa e desinteressada, frequentemente diante do Santíssimo Sacramento, e rezais com quem vos rodeia. Sede, diante do Salvador — na adoração, no louvor ou na intercessão — as embaixatrizes destes irmãos e irmãs, dos seus desejos e das suas necessidades. É a característica da vossa oração, aquilo que lhe dá toda a sua força” (Discurso de João Paulo II às Irmãzinhas de Jesus, 16/09/1979, online).

No centenário de sua ordenação sacerdotal, o Santo Pontífice escrevia ao bispo de Viviers: “Enquanto dou graças pelo testemunho do Padre Charles de Foucauld, encorajo todas as pessoas que hoje se inspiram no seu carisma, a continuar o seu apostolado numa unidade cada vez maior entre os diferentes Institutos, e a seguir, com generosidade e audácia, a sua mensagem e o seu exemplo. […] Fiéis à Eucaristia, eles estarão próximos de todos os homens e serão capazes de amar à maneira de Jesus. Fiéis ao seu compromisso junto dos pobres, hão de testemunhar o amor de Deus, lançando ‘na história aqueles germens do Reino de Deus, que foram visíveis na vida terrena de Jesus, ao acolher a quantos recorriam a Ele para todas as necessidades espirituais e materiais” (Carta de 8 de Abril de 1905, ao Abade Caron, 49).

Bento XVI

Bento XVI afirmava, dois anos depois, aos Bispos da Conferência Episcopal do Norte da África: “O encontro fraterno dos homens e das mulheres entre os quais viveis é um dos temas que vos apraz desenvolver para expressar a missão da Igreja na vossa região. Nesta perspectiva, encorajo-vos vivamente a guiar os fiéis para um encontro autêntico com o Senhor, que os guia ao encontro dos seus irmãos e irmãs, ele que já está misteriosamente presente no coração de cada um e na busca que cada homem faz da verdade e do bem-estar (cf. Ad gentes, 11). Para esta finalidade, como a viveu intensamente o Padre Charles de Foucauld, que as vossas Igrejas diocesanas tiveram a alegria de ver beatificado há alguns meses, possa a Eucaristia ser o centro da vida das vossas comunidades. De fato, tanto na celebração deste grande mistério como na adoração eucarística, que são atos de encontro pessoal com o Senhor, amadurece um acolhimento profundo e verdadeiro do aspecto da missão que consiste em abater as barreiras entre o Senhor e nós, assim como as que nos separam uns dos outros” (9/6/2007, online).

Papa Francisco

O Santo Padre, o Papa Francisco tem se referido, sempre que possível, ao Beato Charles de Foucauld com grande apreço e devoção. Na sua encíclica Fratelli Tutti, n. 286-287, voltou a relembrar o eremita do Saara ao escrever: “quero terminar lembrando uma outra pessoa de profunda fé, que, a partir da sua intensa experiência de Deus, realizou um caminho de transformação até se sentir irmão de todos. Refiro-me ao Beato Carlos de Foucauld. O seu ideal duma entrega total a Deus encaminhou-o para uma identificação com os últimos, os mais abandonados no interior do deserto africano. Naquele contexto, afloravam os seus desejos de sentir todo o ser humano como um irmão, e pedia a um amigo: ‘Peça a Deus que eu seja realmente o irmão de todos’. Enfim queria ser ‘o irmão universal’. Mas somente identificando-se com os últimos é que chegou a ser irmão de todos. Que Deus inspire este ideal a cada um de nós. Amém”.

Que as palavras dos três recentes sucessores de Pedro nos anime a seguir as pegadas de Charles de Foucauld, hoje e sempre, a fim de que, por meio da oração e da acolhida, sejamos sal da terra e luz do mundo (cf. Mt 5,13).

Aleteia

Please follow and like us:
fb-share-icon20
Tweet 20
fb-share-icon20
0 Flares 0 Flares ×
Os Papas recentes, Charles de Foucauld e a Eucaristia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*