0 Flares 0 Flares ×
Três cores e seis símbolos capazes de sintetizar e relançar o sopro do Espírito que acompanhará a JMJ do Panamá.

Massimiliano Menichetti – Cidade do Vaticano

A ternura e a entrega de Maria guiou a mão Ambar Calvo, a estudante de arquitetura do Panamá, que criou materialmente o logotipo da Jornada Mundial da Juventude de 2019.

Ambar Calvo

Três cores: vermelho, azul e celeste, para indicar o amor e a Paixão de Cristo, recordar o manto da Virgem Maria, o Oceano Pacífico, o Mar do Caribe e as cores da bandeira do Panamá.

O amor imenso de Maria

Um logotipo simples que sobrepõe a letra “M” a um coração, para representar o amor ilimitado da Mãe de Deus por toda a humanidade. De fato, Maria é a protagonista do desenho, mostrada por meio da ternura da silhueta no momento em que concebeu o Menino Jesus.

A cruz do peregrino

Claramente visível em vermelho, por sua vez, a “Cruz peregrina”, símbolo e testemunho itinerante da Jornada Mundial da Juventude. Passou a ser usada por desejo de São João Paulo II em 1984, por ocasião do Ano Santo da Redenção.

O caminho para encontrar Jesus

O pictograma, naturalmente, não esquece do local onde se realiza o encontro dos jovens de todo o mundo, imprimindo o perfil do istmo do Panamá no coração e na “M”.

Para Ambar, o corpo de Maria é também “o caminho para encontrar-nos com Jesus e o Panamá é o caminho em 2019”.

Os pequenos pontos brancos, são um sinal da coroa da Mãe Celeste e representam os peregrinos de todos os continentes. “Sim” de uma festa para todos os jovens do mundo.

0 Flares 0 Flares ×
Panamá: um logotipo com o coração de Maria e a Cruz da JMJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*