0 Flares 0 Flares ×

Ressaltando a importância da catedral, Francisco a definiu como ‘patrimônio arquitetônico e espiritual de Paris, da França e da humanidade’.

O papa Francisco chega à praça de São Pedro em 17 de abril de 2019

O papa Francisco chega à praça de São Pedro em 17 de abril de 2019 (AFP)

O papa Francisco expressou nesta quarta-feira (17) seu agradecimento aos bombeiros que arriscaram suas vidas para salvar a catedral de Notre-Dame de Paris, em nome de toda a Igreja Católica.

“A gratidão de toda a Igreja vai para os que fizeram tudo o que podiam, inclusive arriscando suas vidas, para salvar a catedral”, afirmou o pontífice durante a audiência semanal com milhares de fiéis na praça de São Pedro.

“Que a Virgem Maria abençoe e apoie o trabalho de reconstrução. Que isso possa ser uma obra coral, para o louvor e glória de Deus”, acrescentou Francisco.

Na terça-feira, o papa conversou por telefone com o presidente francês, Emmanuel Macron, sobre o incêndio que devastou Notre-Dame.

Em um telegrama enviado ao arcebispo de Paris, monsenhor Michel Aupetit, desejou “a mobilização de todos” para reconstruir esta “joia arquitetônica de uma memória coletiva”, que segundo ele pertence ao “patrimônio arquitetônico e espiritual de Paris, da França e da humanidade”.

O cardeal Gianfranco Ravasi, “ministro” da Cultura da Santa Sé, propôs na terça-feira a contribuição “técnica e científica” dos especialistas do Museu do Vaticano para ajudar na reconstrução de Notre-Dame.

AFP

0 Flares 0 Flares ×
Papa agradece os bombeiros que salvaram a catedral de Notre-Dame

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*