0 Flares 0 Flares ×

(ACI).- O Papa Francisco autorizou a promulgação de novos decretos da Congregação para as Causas dos Santos que reconhecem o milagre de um futuro beato italiano, 127 mártires espanhóis e virtudes heroicas de seis servos de Deus, quatro italianos, um espanhol e um francês.

Segundo informou a Sala de Imprensa da Santa Sé nesta terça-feira, o Santo Padre autorizou a promulgação de novos decretos ao receber em audiência no dia 23 de novembro o novo prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, Dom Marcello Semeraro.

Em primeiro lugar, trata-se do milagre atribuído à intercessão do Servo de Deus Mario Ciceri, sacerdote diocesano; nascido em 1º de setembro de 1900, em Veduggio (Itália), e falecido em Brentana di Sulbiate (Itália), em 4 de abril de 1945.

Além disso, o martírio dos Servos de Deus Juan Elías Medina, sacerdote diocesano, e de 126 companheiros, sacerdotes, religiosos e leigos, assassinados por ódio à fé, na Espanha, entre 1936 e 1939.

Da mesma forma, as virtudes heroicas do Servo de Deus Fortunato Maria Farina, arcebispo titular de Adrianopolis de Onoriade, antigo bispo de Troia e Foggia, nascido em 8 de março de 1881, em Baronissi (Itália), e falecido em Foggia (Itália), em 20 de fevereiro de 1954.

Com ele, as virtudes heroicas do Servo de Deus Andrés Manjón y Manjón, sacerdote, fundador das Escolas da Ave Maria, nascido em 30 de novembro de 1846, em Sargentes de Lora (Espanha), e falecido em Granada (Espanha), em 10 de julho de 1923; e as virtudes heroicas do Servo de Deus Alfonso Ugolini, sacerdote diocesano, nascido em 22 de agosto de 1908, em Thionville (França), e falecido em Sassuolo (Itália), em 25 de outubro de 1999.

Por fim, as virtudes heroicas de três Servas de Deus: Maria Francesca Ticchi (no século, Clementina Adelaide Cesira), monja professa das Clarissas Capuchinhas, nascida em 23 de abril de 1887, em Belforte all’Isauro (Itália), e falecida em Mercatello sul Metauro (Itália), em 20 de junho de 1922; Maria Francesca Giannetto (no século, Carmela), religiosa professa da Congregação das Filhas de Maria Imaculada, nascida em 30 de abril de 1902, em Camaro Superiore (Itália), onde faleceu em 16 de fevereiro de 1930; e Maria Carola Cecchin (no século, Fiorina), religiosa professa da Congregação das Irmãs de São José Benedito Cottolengo, nascida em 3 de abril de 1877, em Cittadella (Itália), e falecida no barco a vapor ao retornar do Quênia para a Itália, em 13 de novembro de 1925.

Publicado originalmente em ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Natalia Zimbrão.

0 Flares 0 Flares ×
Papa aprova milagre de um futuro Beato, 127 martírios e virtudes de 6 servos de Deus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*