0 Flares 0 Flares ×

Francisco fala em atos «deploráveis» que visam comprometer esforços de diálogo entre religiões

Foto: Lusa/EPA

Cidade do Vaticano, 04 nov 2020 (Ecclesia) – O Papa condenou hoje no Vaticano os últimos atentados terroristas que atingiram a Europa, falando em atos “deploráveis” que visam comprometer esforços de diálogo entre religiões.

“Penso, em particular, no grave atentado dos últimos dias em Nice, num lugar de culto, e no de ontem, nas ruas de Viena, que provocaram perturbação e reprovação na população e em quantos trazem no coração a paz e o diálogo”, referiu, durante a audiência geral que decorreu, à porta fechada, na biblioteca do Palácio Apostólico.

Francisco rezou pelas “vítimas inocentes do terrorismo, cujo recrudescimento de crueldade se está a manifestar na Europa”.

“Confio à misericórdia de Deus as pessoas tragicamente desparecidas, e manifesto a minha proximidade espiritual aos seus familiares e a todos os que sofrem por causa destes acontecimentos deploráveis, disse.

O Papa sustentou que estes atentados procuram “comprometer com a violência e o ódio a colaboração fraterna entre as religiões”.

Pelo menos cinco pessoas, incluindo o agressor, morreram na segunda-feira à noite num tiroteio no centro de Viena, cometido por “um simpatizante” do Estado Islâmico, que deixou também 22 pessoas feridas.

Na última quinta-feira, três pessoas morreram num ataque com faca na Basílica de Nossa Senhora da Assunção, em Nice, sudeste de França.

Os dois ataques terroristas foram condenados pelo Papa, que esta terça-feira apelou ao fim da violência.

OC

0 Flares 0 Flares ×
Papa condena atos de terrorismo na Europa, após atentados em Nice e Viena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*