0 Flares 0 Flares ×

Vaticano, 13 mai. 21 / 10:04 am (ACI).- O papa Francisco convidou a rezar a Nossa Senhora de Fátima, cuja festa se celebra no dia 13 de maio, e recordou o atentado contra São João Paulo II ocorrido na Praça de São Pedro em 1981.

Na saudação aos fiéis de língua portuguesa durante a Audiência Geral desta quarta-feira, no pátio de São Dâmaso, o pontífice destacou a festa de Nossa Senhora de Fátima e convidou a colocar-nos com confiança “sob a Sua maternal proteção, especialmente quando encontramos dificuldades na nossa vida de oração”.

Além disso, ao se dirigir aos fiéis de língua polonesa, o Santo Padre lembrou que este ano celebra-se o 40º aniversário do atentado a São João Paulo II na Praça de São Pedro e ressaltou que “ele sublinhou com convicção que devia a sua vida à Senhora de Fátima”.

“Este acontecimento nos dá a consciência de que a nossa vida e a história do mundo estão nas mãos de Deus”, acrescentou o papa Francisco.

Por isso, o Santo Padre nos convidou a confiar “a Igreja, nós mesmos e o mundo inteiro” ao Imaculado Coração de Maria e a pedir na oração “pela paz, pelo fim da pandemia, pelo espírito de penitência e pela nossa conversão”.

O papa Francisco escreveu em maio de 2020que “São João Paulo II sofreu como papa, sofreu o terrível atentado em 1981, ofereceu sua vida, derramou seu sangue pela Igreja, e nos testemunhou que também na difícil provação com a sua doença, compartilhada diariamente com Deus feito Homem e crucificado pela nossa salvação, pode-se continuar alegres, pode-se continuar a ser nós mesmos. Pode-se alegrar na certeza do encontro com Jesus ressuscitado”.

O atentado de São João Paulo II ocorreu no dia de Nossa Senhora de Fátima, em 13 de maio de 1981, quando o turco Ali Agca atirou em São João Paulo II, na Praça de São Pedro, no Vaticano. Um ano após o ataque, o papa peregrino viajou para o santuário de Fátima, em Portugal, e colocou a bala que retiraram dele na coroa de Nossa Senhora, em gratidão à Mãe de Deus por salvar a sua vida.

Numa Audiência Geral de 2019, o papa Francisco relembrou este acontecimento sofrido por São João Paulo II e citou as palavras do papa polonês que disse: “Em tudo o que aconteceu vi uma particular proteção materna de Maria”.

Por este motivo, o Santo Padre também destacou as palavras da Virgem: “Vim para advertir a humanidade, para que mude de vida e não entristeça Deus com graves pecados” e acrescentou o pedido de Nossa Senhora de Fátima para que “os homens rezem o terço e façam penitência pelos seus pecados”.

“Ouçamos esta recomendação, pedindo a Maria a sua proteção materna, o dom da conversão, o espírito de penitência e a paz para o mundo inteiro”, pediu o papa.

0 Flares 0 Flares ×
Papa Francisco convida a rezar a Nossa Senhora de Fátima como São João Paulo II

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*