0 Flares 0 Flares ×

Vaticano, 13 ago. 20 / 12:00 pm (ACI).- O Papa Francisco pediu para que nos lembremos na oração “de quem não pensa como nós” porque a “oração desata correntes”.

“Quando rezamos, Deus espera que nos lembremos também de quem não pensa como nós, de quem nos bateu a porta na cara, das pessoas a quem nos custa perdoar. Só a oração desata as correntes, só a oração deixa livre o caminho para a unidade”, assinalou em uma mensagem publicada em seu perfil oficial na rede social Twitter.

Esta reflexão é uma nova mensagem sobre a oração que se junta a outras que publicou nas últimas semanas.

Na última segunda-feira, 10 de agosto, afirmou em outra publicação no Twitter que “nosso coração, mesmo sem saber, tem sede do encontro com Deus e o busca”.

“Nascemos com uma semente de inquietação; inquietação de encontrar a plenitude. Nosso coração, mesmo sem saber, tem sede do encontro com Deus e o busca, muitas vezes, por caminhos errados. Quando nossa inquietação encontra Jesus, começa a vida da graça”, afirmou na ocasião.

No dia 8 de agosto, afirmou que “a oração é a alma da esperança” e destacou que “todos nós precisamos do Pai que nos estende a mão. Rezar, invocá-lo, não é uma ilusão; ilusão é pensar não ter necessidade disso!”.

Além disso, em outra mensagem enviada naquele dia à Franciscanas Mínimas do Sagrado Coração por ocasião da inauguração de seu Ano Jubilar, o Papa Francisco destacou que a pertença ao Sagrado Coração de Jesus “se manifesta de maneira particular na oração”. “Toda a nossa vida é chamada, com a graça do Espírito, a tornar-se oração”.

Please follow and like us:
0 Flares 0 Flares ×
Papa Francisco destaca o poder da oração: “Desata correntes”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*