0 Flares 0 Flares ×

Entre as Servas de Deus, estão três religiosas italianas da Congregação das Irmãs dos Pobres

Da redação, Vatican News

Papa Francisco /Foto: CNA

Nesta quarta-feira, 17, o Papa Francisco reconheceu as virtudes heroicas de Servas e Servos de Deus. O Pontífice recebeu em audiência o prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, cardeal Marcello Semeraro.

Servos de Deus

Durante o encontro, o Sumo Pontífice autorizou a mesma Congregação a promulgar decretos. Estão entre eles as virtudes heroicas do Servo de Deus Mercurio Maria Teresi, arcebispo de Monreale.

Também teve as virtudes heroicas reconhecidas o Servo de Deus Cosma Muñoz Pérez, sacerdote diocesano, fundador da Congregação das Filhas do Padroado de Santa Maria.

Os sacerdotes Salvatore Valera Parra e Leo Veuthey (da Ordem dos Frades Menores Conventuais) também tiveram as virtudes heroicas promulgadas.

Leia também
.: Nomeado novo secretário da Congregação para as Causas dos Santos

Servas de Deus

As religiosas da Congregação das Irmãs dos Pobres, Instituto Palazzolo, Annelvira Ossoli, Vitarosa Zorza e Danielangela Sorti também tiveram as virtudes heroicas reconhecidas.

Juntamente com outras religiosas do Instituto Palazzolo, as Irmãs Annelvira Ossoli, Vitarosa Zorza e Danielangela Sorti, morreram no serviço aos pobres em 1995, durante um surto de Ebola onde hoje é a República Democrática do Congo.

Decretos promulgados em fevereiro

Em 20 de fevereiro, o Papa Francisco já havia autorizado a promulgação dos decretos relativos à Irmã Floralba Rondi Floralba, Irmã Clarangela Ghilardi e Irmã Dinarosa Belleri.

Os restos mortais das seis religiosas, a pedido expresso do bispo de Kikwit, Dom Edouard Mununu, repousam em frente à Catedral de Kikwit. Elas são conhecidas como “mártires da caridade”.

Irmãs dos Pobres

As Irmãs dos Pobres, Instituto Palazzolo é um instituto religioso de direito pontifício. Seus membros professam votos públicos de castidade, pobreza e obediência e seguem o caminho evangélico de vida em comum.

Sua missão inclui serviço aos pobres, cuidados dos órfãos e de enfermagem. O Instituto foi fundado em Bérgamo, em 1869, por bd. Luigi Maria Palazzolo, com a ajuda de Maria Teresa Gabrieli, recebendo o status pontifício em 1912.

As irmãs têm casas no Brasil, Burkina Faso, Congo, Itália, Costa do Marfim, Quênia, Malawi, Peru, Suíça.  A Casa Geral da Congregação localiza-se em Bérgamo.

0 Flares 0 Flares ×
Papa Francisco reconhece virtudes heroicas de Servas e Servos de Deus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*