0 Flares 0 Flares ×
Comunidade brasileira participa da Audiência Geral. Foto: Pablo Esparza/ ACI Digital

(ACI).- O papa Francisco dirigiu uma saudação aos brasileiros que moram em Roma e fazem parte da comunidade Nossa Senhora Aparecida, que comemora 40 anos neste mês, ao final da audiência geral desta quarta-feira, 8 de setembro.

“Dirijo uma cordial saudação aos fiéis de língua portuguesa, particularmente à comunidade brasileira Nossa Senhora Aparecida em Roma. Queridos amigos, no batismo fomos santificados no nome da Santíssima Trindade. Peçamos a graça de poder viver os nossos compromissos batismais como verdadeiros imitadores de Jesus, o Filho de Deus, guiados pelo Espírito Santo, para a glória do Pai. Obrigado”, disse o papa.

Os brasileiros residentes em Roma participaram da audiência geral acompanhados pelo capelão, padre Diógenes Casaril. Em entrevista a Vatican News, o sacerdote contou que durante a audiência, entregaram a Francisco um “quadro alusivo aos 40 anos da comunidade brasileira em Roma”.

“Sabemos do apreço do Santo Padre pelos migrantes, pelas comunidades de migrantes. Então, foi muito significativo e emocionante para todos nós”, disse padre Casaril. Além disso, convidou todos os “brasileiros que vivem na região e os que se sentem identificados com a comunidade e a Mãe Aparecida” a participar das celebrações e atividades da comunidade brasileira Nossa Senhora Aparecida. As celebrações acontecem todos os domingos, às 17h, na igreja Santa Maria della Luce.

Segundo relata reportagem publicada em 2013 pela revista ‘Travessia’, do Centro de Estudos Migratórios (CEM), a comunidade brasileira em Roma começou a crescer a partir da metade dos anos 1970 e os migrantes sentiram a necessidade de se reunir e celebrar a missa na própria língua. Inicialmente, o grupo era formado por religiosos e religiosas. “A partir de 16 de setembro de 1981, também os leigos começaram a se encontrar uma vez por mês para a celebração eucarística em português na igreja de Santa Madalena, perto do Pantheon”, onde também tinham uma sala para as reuniões. As celebrações também aconteciam em outras igrejas, como São Pancrácio, oratório dos padres Barnabitas, Colégio Pio Brasileiro e Igreja de Sant’Antônio dos Portugueses.

Em 1989, a comunidade recebeu a doação de duas imagens de Nossa Senhora Aparecida, por parte dos Redentoristas do Santuário Nacional. A partir de então, passou a se chamar comunidade Nossa Senhora Aparecida. Anos depois, em 26 de setembro de 1996, conta ‘Travessia’, a diocese de Roma erigiu uma estrutura pastoral para trabalhar com os migrantes católicos latino-americanos e essa missão foi confiada aos missionários de São Carlos (os scalabrinianos). Em 2004, a diocese de Roma designou a igreja de Santa Maria dela Luca como sede da missão latino-americana, onde até hoje acontecem as celebrações todos os domingos.

0 Flares 0 Flares ×
Papa Francisco saúda comunidade brasileira em Roma por seus 40 anos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*