0 Flares 0 Flares ×
Papa Francisco leva flores à Virgem Maria na Basílica de Santa Maria Maior. Foto: Daniel Ibañez/ACI Prensa

Roma, 08 mar. 21 / 11:00 am (ACI).- O Papa Francisco retornou a Roma na segunda-feira, 8 de março, depois de concluir sua histórica viagem apostólica ao Iraque, a primeira desde o início da pandemia Covid-19. Como de costume, ao seu regresso das viagens internacionais, dirigiu-se à Basílica de Santa Maria Maior, na capital italiana, para rezar diante do ícone da Salus Populi Romani (Protetora do Povo Romano).

O Papa Francisco chegou ao Iraque na última sexta-feira, 5 de março, como peregrino de paz no meio de uma Igreja martirizada e de um povo que sofreu décadas de guerra e violência.

De acordo com estatísticas divulgadas pela Sala de Imprensa do Vaticano, o Iraque é um país de maioria muçulmana (sunitas e xiitas) no qual os católicos representam apenas 1,5% da população, com 590.000 fiéis.

O voo, código AZ4001 da Alitalia, durou aproximadamente 5 horas e 15 minutos, depois de viajar 2.947 quilômetros. O avião que transportou o Santo Padre, um A330, pousou em Roma às 12:55h (hora local).

Desde o início de seu ministério petrino em março de 2013, esta foi a 33ª. viagem internacional do Pontífice, que tem por hábito rezar à Virgem Maria na igreja mais antiga no mundo dedicada a Ela cada vez que deixa ou regressa a Roma. Vale recordar que o Papa confiou a Ela seu pontificado.

Em declarações à Rádio Vaticano, o então Arcipreste da Basílica Santa Maria Maior, o Cardeal espanhol Santos Abril e Castelló, explicou que “o Papa Francisco sempre vem a Santa Maria Maior com muito gosto porque encontra na Mãe a guia e a inspiração para toda sua ação”.

Na ocasião ele foi até a capela paulina, onde se encontra o ícone, acompanhado do Cardeal Stanislaw Rylko, Arcipreste desta Basílica.

0 Flares 0 Flares ×
Papa Francisco vai a Santa Maria Maior agradecer à Virgem por sua viagem ao Iraque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*