0 Flares 0 Flares ×

«Que durante este ano continuem a desenvolver uma cultura do encontro e da fraternidade e caminhem juntos neste horizonte de esperança revelado pela ressurreição de Cristo» – Francisco

Cidade do Vaticano, 28 dez 2020 (Ecclesia) – O Papa Francisco incentivou os jovens que participam no 43º Encontro Europeu da Comunidade Ecuménica de Taizé a deixarem-se “habitar” pela “esperança” que dará “a coragem de seguir Cristo, de trabalhar juntos pelos e com os mais desfavorecidos”.

“Não estejam entre aqueles que semeiam desespero, suscitando constante desconfiança, o que neutralizaria a força da esperança que nos é oferecida pelo espírito de Cristo ressuscitado”, lê-se na mensagem assinada pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin.

O Papa convidou os jovens a deixarem-se “habitar por esta esperança” que lhes dará “a coragem de seguir Cristo, de trabalhar juntos pelos e com os mais desfavorecidos, especialmente aqueles que lutam para enfrentar as dificuldades do tempo presente”.

“Que durante este ano continuem a desenvolver uma cultura do encontro e da fraternidade e caminhem juntos neste horizonte de esperança revelado pela ressurreição de Cristo”, incentiva o Papa.

O Encontro Europeu de final do ano da Comunidade de Taizé começou este domingo e termina dia 1 de janeiro de 2021, na sua 43.ª edição decorre online por causa da pandemia Covid-19.

“O Papa está feliz, também este ano, por unir-se a vocês em pensamento e na oração”, assinala a mensagem, onde Francisco destaca os jovens são “uma prova de criatividade e imaginação” porque, embora distantes, ligaram-se “de uma forma nova graças aos novos meios de comunicação”.

O Papa deseja que estes dias de encontro “em que rezam juntos e se apoiam mutuamente ​​na fé e na confiança” ajudem a ‘manter a esperança em tempo propício e fora dele’, como escreveu o prior da comunidade ecuménica de Taizé, o irmão Alois, na sua mensagem para 2021.

Segundo Francisco, os jovens encontrarem-se “ainda que excecionalmente de forma virtual, já os coloca no caminho da esperança” e cita a sua Encíclica ‘Fratelli Tutti’: “Ninguém pode enfrentar a vida isolado. Precisamos de uma comunidade que nos apoie, que nos ajude e na qual nos ajudemos um ao outro a olhar para a frente”.

“Caminhemos na esperança!”, é o convite do Papa aos jovens que estão a participar no Encontro Europeu online de final do ano da Comunidade monástica de Taizé.

Francisco explica que a esperança é “ousada, sabe olhar para além da comodidade pessoal, das pequenas seguranças e compensações que estreitam o horizonte, para se abrir aos grandes ideais que tornam a vida mais bela e digna”.

CB

0 Flares 0 Flares ×
Papa incentiva jovens do encontro europeu a semear a esperança, à cultura do encontro e da fraternidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*