0 Flares 0 Flares ×

Cidade do Vaticano, 10 nov 2020 (Ecclesia) – O Papa recebeu esta segunda-feira, no Vaticano, o missionário italiano Pierluigi Maccalli, um mês após a libertação do sacerdote católico no Mali, após dois anos de rapto.

“Fiquei emocionado, especialmente por contar ao Papa tudo o que eu passei e por confiar à sua oração, especialmente, as comunidades às quais me dedicava e que agora estão sem uma presença missionária e um padre há mais de dois anos”, referiu o membro da Sociedade de Missões Africanas, em declarações ao portal ‘Vatican News’.

O sacerdote mostrou-se ainda emocionado por um gesto do Papa, na despedida, quando Francisco decidiu beijar-lhe as mãos.

No Dia Mundial das Missões (18 de outubro), perante milhares de peregrinos reunidos na Praça de São Pedro, o Papa manifestou publicamente a sua gratidão pela libertação do padre Maccalli, depois de mais de dois anos em cativeiro às mãos de um grupo jihadista.

OC

0 Flares 0 Flares ×
Papa recebeu missionário que foi sequestrado no Mali

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*