0 Flares 0 Flares ×

Audiência a membros da «Fundação Líderes para a Paz» evidenciou preocupações com desigualdades, ideologias e indicou importância de um compromisso pessoal e institucional para construção social

Foto: Vaticano

Cidade do Vaticano, 04 set 2021 (Ecclesia) – O Papa Francisco afirmou hoje que o compromisso pela paz “nunca foi tão necessário e urgente”, num momento marcado pela pandemia e por “múltiplas crises convergentes”.

“Infelizmente a pandemia ainda não foi superada e suas consequências económicas e sociais, especialmente para a vida dos mais pobres, são pesadas”, afirmou esta manhã numa audiência aos membros da «Fundação Líderes para a Paz», cujo discurso foi publicado pela Sala de imprensa do Vaticano.

Francisco afirmou que a pandemia pode ser uma “oportunidade” para uma “melhor política”, condição fundamental, indicou, para “o desenvolvimento de uma comunidade mundial, capaz de realizar a fraternidade a partir de povos e nações que vivem a amizade social”.

Nas palavras que dirigiu aos membros da Fundação, o Papa Francisco evidenciou duas vertentes, a nível cultural, num trabalho “artesanal, que envolve todos”, e institucional, e pediu “colaboração multilateral e de uma cultura de rostos e de encontro”.

O Papa pediu uma “cultura dos rostos, que coloque em primeiro lugar a dignidade da pessoa” e “uma cultura do encontro”, onde todos possam “ser escutados”.

Ao nível institucional, Francisco pediu diálogo e “colaboração multilateral” com vista a “a cultura de um bem comum verdadeiramente universal e a proteção dos Estados mais fracos”, mas alertou para a importância de não ser perder “o contato com as feridas, com a carne de quem sofre os danos”.

Nas suas palavras, o Papa alertou ainda para o perigo da “ideologização”, desenvolvida por “grupos” que “instrumentalizam” para fins próprios, e encorajou os presentes a continuaram o seu trabalho “de construção de paz”, em favor de uma “sociedade mais fraterna”.

Segundo a Vatican News, a «Fundação líderes para a Paz», fundada pelo antigo primeiro-ministro francês Jean-Pierre Raffarin, pretende oferecer uma sabedoria política ao serviço da paz e do interesse geral, para reduzir os conflitos.

LS

0 Flares 0 Flares ×
«Paz nunca foi tão necessária e urgente» – Papa Francisco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*