0 Flares 0 Flares ×

Missa na Capela de Santa Marta lembrou as «muitas pessoas» que choram por causa da pandemia covid-19

Foto Lusa/Vatican Media

Cidade do Vaticano, 29 mar 2020 (Ecclesia) – O Papa Francisco afirmou hoje da Missa que presidiu na Capela de Santa Marta que há “muitas pessoas que choram” por causa da pandemia covid-19 e pediu que este dia seja o “domingo do choro”.

“Que hoje seja para todos nós o domingo do choro”, lembrou o Papa ao comentar o texto do Evangelho que a liturgia da Igreja Católica propõe para as celebrações do V Domingo da Quaresma, onde Jesus chora por causa da morte do amigo Lázaro.

No início da Missa, o Papa expressou proximidade às muitas pessoas que choram por causa da doença covid-19 e das suas consequências sociais, as “pessoas isoladas, pessoas em quarentena, os idosos, sós, pessoas internadas e as pessoas em tratamento, os pais que veem que, como falta o salário, não conseguirão dar de comer aos filhos”.

“Hoje, diante de um mundo que sofre tanto, de tantas pessoas que sofrem as consequências desta pandemia, eu pergunto: sou capaz de chorar, como certamente o faria Jesus e o faz agora Jesus?”, questionou o Papa.

Na homilia da Missa, Francisco disse que o coração de cada pessoa deve ser como o de Jesus e, quanto “é demasiado empedernido”, quando uma pessoa é “capaz de falar, de fazer o bem, de ajudar, mas o coração permanece distante”, é necessário pedir a “graça de chorar”.

“Muitos choram hoje. E nós, deste altar, deste sacrifício de Jesus, de Jesus que não teve vergonha de chorar, peçamos a graça de chorar”, afirmou o Papa.

A pandemia covid-19 surgiu no mês de dezembro de 2019 e provocou perto de 20 mil mortes em todo o mundo, tendo atingido mais de 600 mil pessoas.

Em Portugal, a Direção Geral da Saúde informou que até este sábado registaram-se 100 mortes, 5170 pessoas infetadas pelo novo coronavírus e 43 casos recuperados.

PR

0 Flares 0 Flares ×
«Que hoje seja o domingo do choro» – Papa Francisco (c/vídeo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*