0 Flares 0 Flares ×

BRASILIA, 05 Nov. 19 / 09:35 am (ACI).- A primeira santa brasileira, Santa Dulce dos Pobres recebeu nesta terça-feira, 5 de novembro, o título de Doutora Honoris Causa da Universidade Católica de Brasília (UCB); também foi outorgado com a honraria o Arcebispo de Brasília, Dom Sérgio da Rocha.

Santa Dulce dos Pobres foi canonizada pelo Papa Francisco no último dia 13 de outubro, no Vaticano, e receberá a honraria pela UCB por toda uma vida dedicada aos pobres e doentes, por sua luta em prol da dignidade humana e pela obra de caridade que fundou para acolher os mais necessitados.

Na cerimônia, que acontecerá nesta terça-feira, às 18h, no Campus Taguatinga, em Brasília (DF), Santa Dulce (in memoriam) será representada por Irmã Maria do Livramento, Madre Geral da Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, à qual pertenceu a religiosa baiana. Também estará presente a superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), Maria Rita Pontes.

Em declarações ao site da UCB, o reitor Jardelino Menegat ressaltou que “Santa Dulce dos Pobres fez um bem imenso para a sociedade baiana, por meio da promoção humana das pessoas desprovidas de bens materiais, e é a primeira santa brasileira”.

Honoris Causa é uma expressão em latim que atualmente pode ser compreendida como um título honorífico que significa “por causa de honra”. É uma honraria utilizada quando uma universidade de prestígio concede um título de honra a uma personalidade por seu trabalho, virtude ou mérito.

Compreende-se que a pessoa agraciada com o título atingiu um alto nível de reconhecimento profissional e de feitos significativos a ponto de ser considerado o grau honorário de doutor. Através da outorga do título, a instituição acadêmica demonstra seu reconhecimento às pessoas que contribuíram e continuam a dar sua contribuição para a transformação social, seja por meio do conhecimento ou da promoção da pessoa humana.

Santa Dulce dos Pobres construiu um legado de amor e serviço aos pobres, aos doentes, aos mais necessitados. A instituição fundada pelo Anjo Bom da Bahia, as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), abriga hoje um dos maiores complexos de saúde 100% SUS do Brasil.

Atualmente, a OSID realiza cerca de 3,5 milhões de procedimentos ambulatoriais por ano na Bahia, atendendo idosos, pacientes oncológicos, pessoas com deficiência, pessoas em situação de rua, usuários de substâncias psicoativas, crianças e adolescentes em situação de risco social, entre outros públicos.

A organização conta com um perfil de serviços único no Brasil, distribuídos em 21 núcleos que prestam assistência à população de baixa renda nas áreas de Saúde, Assistência Social, Pesquisa Científica, Ensino em Saúde, Educação e na preservação e difusão da história de sua fundadora.

0 Flares 0 Flares ×
Santa Dulce dos Pobres recebe o título de Doutora Honoris Causa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*