0 Flares 0 Flares ×

Com o tema “Ousar Cuidar”, jovens dos cinco continentes participam de projeto global para influenciar a opinião pública sobre cidadania ativa e política pela unidade

Da redação, com Focolares

De 1º a 9 de maio acontece a Semana Mundo Unido 2021, realizada pelo Movimento Jovens por um Mundo Unido, inspirado pelo carisma e espiritualidade do Movimento dos Focolares. Este ano, com o tema “Ousar Cuidar”, a juventude deseja chamar a atenção para o cuidado com a escuta, o diálogo, a comunicação, a participação pelo bem comum, tendo em vista uma cidadania ativa pelas cidades e pelo planeta.

Assim como nos anos anteriores, os jovens propõem, em todos os continentes, iniciativas locais e internacionais com o intuito de sensibilizar a opinião pública sobre a coexistência pacífica dos povos e culturas. As ações acontecem em cidades, bairros, escolas e nos locais de trabalho, e envolvem a administração local e nacional, bem como organizações públicas e privadas. Em nível internacional, de uma maneira geral, as iniciativas são voltadas em apoiar situações de emergência como vítimas de terremotos, inundações, guerras, pandemias, dentre outros.

Na programação nacional deste ano, estão incluídas atividades como arrecadação de alimentos, uma formação virtual sobre “Cogovernança: Ser cidadão é ousar e cuidar”, além de imersões em projetos como o Milonga – de caráter cultural – e o Living Peace International, da área da educação. Devido à realidade da pandemia de COVID-19, as ações serão virtuais.

O jovem Caio Melo, de Minas Gerais, integra o Movimento Jovens por um Mundo Unido e está à frente de iniciativas locais da SMU. 

“Queremos sair de nós mesmos e ir ao encontro de quem necessita de cuidados, sejam eles financeiros, de saúde, ambientais, morais, espirituais e, também, na política. A SMU é um desafio que nos faz sair das nossas caixinhas e ousar dialogar mais, olhar mais pra fora do nosso entorno”, disse o jovem.

Na edição 2019, que teve como tema “Ninguém em necessidade”, um grupo de jovens, da cidade de Benevides, no Pará, por exemplo, visitou a casa de Emilio Kabá, um indígena da etnia Munduruku. A iniciativa foi uma oportunidade de escuta e diálogo com a cultura indígena, bem como a experiência da relação de amor com a natureza.

Sobre a SMU

Lançada em 1995, a SMU envolve centenas de pessoas anualmente, em uma série de atividades com o objetivo de influenciar a opinião pública para um diálogo mais fraterno entre pessoas de religiões e culturas diferentes, em respeito à dignidade de todos os seres humanos, pela identidade de todas as pessoas e comunidades. A Semana é promovida pelos jovens do Movimento Jovens por um Mundo Unido, inspirado no Movimento dos Focolares, de base cristã, com atuação ecumênica, inter-religiosa e cultural.

Para participar e ficar por dentro da programação, acesse o perfil do Instagram dos Jovens Por Um Mundo Unido – JPMU @jpmubrasil

0 Flares 0 Flares ×
Semana Mundo Unido: jovens promovem ações e diálogo pela cidadania

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*