0 Flares 0 Flares ×

O papa Francisco enviou suas condolências após a explosão ocorrida em um mercado de Bagdá, no Iraque. O cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado do Vaticano, enviou um telegrama em nome do papa ao Núncio Apostólico no Iraque, dom Mitja Leskovar expressando “profunda tristeza” pelo atentado reivindicado pelo Estado Islâmico. A explosão, contra a população xiita, majoritária no Iraque, mas minoritária no mundo islâmico, causou 35 mortos e 57 feridos.

No telegrama, Francisco enviou condolências aos familiares e amigos dos falecidos e confiou suas almas à misericórdia de Deus todo-poderoso.  O papa renovou suas “fervorosas orações” para que “nenhum ato de violência enfraqueça os esforços daqueles que trabalham para a promoção da reconciliação e da paz no Iraque”.

O atentado ocorreu na véspera da festa muçulmana do sacrifíciom, que celebra a prova de Deus a Abraão. O patriarca caldeu, cardeal Raphael Sako, havia enviado uma mensagem aos muçulmanos por ocasião da festividade pedindo unidade e cooperação entre as comunidades “para que nosso país se recupere completamente”.

0 Flares 0 Flares ×
Papa Francisco pede reconciliação no Iraque após atentado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*